PUBLICIDADE

Sabrina Sato dá à luz via cesárea um dia após bolsa amniótica romper

Segundo site, apresentadora não obteve dilatação suficiente para parto vaginal; Veja em quais situações a cesárea é mesmo necessária

Como todas as grávidas de primeira viagem, a apresentadora Sabrina Sato estava super ansiosa para a chegada de Zoe, sua filha. Grávida de 41 semanas, ela sempre enfatizava em suas redes sociais que aguardaria o trabalho de parto e o tempo certo para a bebê nascer. Ontem (28), ela deu entrada na maternidade depois de sua bolsa amniótica romper.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Após 24 horas no processo para que sua filha nasça, os médicos indicaram que ela faça uma cesariana por não ter atingido a dilatação necessária para o bebê nascer via vaginal, segundo o UOL. Zoe nasceu às 15h40 com 3,360 quilos, de acordo com a maternidade.

Por se tratar de uma cirurgia que envolve riscos, a cesariana só é indicada em casos que alguma condição impede o parto normal. Segundo o Ministério da Saúde, a indicação obrigatória de parto cesariana é feita para os seguintes casos:

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Os outros casos vão da avaliação do médico. Há situações que muita gente acredita que também encaminham obrigatóriamente para um parto cesárea, mas não pedem a cirurgia:

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

O obstetra Claudio Basbaum escreveu um artigo sobre as situações em que os médicos indicam a cesárea, explicando se há mesmo necessidade.

Cesárea humanizada

Engana-se quem acredita que um parto humanizado é sinônimo de parto normal. A humanização não é uma via de parto, e sim um conjunto de práticas de respeito ao bem-estar da mãe e do bebê. Se uma cesárea ocorre de forma necessária, há algumas recomendações para uma assistência humanizada a esse parto, de acordo com as especialistas consultadas na nossa matéria sobre parto humanizado: