PUBLICIDADE

Descoberta nova forma de detectar depressão em crianças

Tom de voz e forma de se expressar pode indicar a presença da doença nos pequenos

Por mais que distúrbios emocionais sejam comuns em crianças, é difícil identificar os sintomas nos pequenos, pois eles não conseguem expressar bem os sentimentos. Pensando nisso, pesquisadores da Universidade de Vermont desenvolveram uma inteligência artificial que consegue descobrir a presença da depressão e ansiedade nos jovens apenas pela forma que eles falam.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

De acordo com o estudo publicado no periódico Biomedical and Health Informatics, uma em cada 5 crianças com menos de oito anos sofre com depressão e ansiedade. Entretanto, fatores como indisponibilidade de psicólogos, falta de assistência médica e dificuldade em reconhecer os sintomas contribuem para que os pequenos não receberem o tratamento adequado.

Como a inteligência artificial funciona

Os cientistas desenvolveram um "software" capaz de causar sentimentos nas crianças, e então, selecionaram 71 pequenos de três a oito anos para testar a criação. Eles precisavam contar uma história de três minutos, e então, ouvir a opinião de um pesquisador sobre o quão boa aquela narrativa era.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

O especialista, que atuava como júri, permanecia sério durante toda a narração das crianças, e dava apenas feedbacks neutros ou negativos. Uma buzina era acionada em dois períodos: Após 90 segundos, e quando faltavam 30 segundos para terminar o tempo.

"Esse experimento foi criado para ser estressante, e colocar as crianças para pensar que estavam sendo julgadas", disse Ellen McGinnis, autora do estudo, em entrevista ao periódico.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Todo esse experimento foi gravado, para que depois, um algoritmo pudesse analisar os áudios. Com 80% de precisão, a inteligência artificial comparou as respostas das crianças com conceitos da psicologia envolvendo distúrbios emocionais. Em apenas segundos, o programa era capaz de notar a presença da depressão nos pequenos, apenas pela forma e conteúdo de suas falas.

Vozes baixas, repetição de palavras ou conceitos, e um tom monótono foram notados com maior frequência em quem tinha depressão.

Por que é importante reconhecer distúrbios emocionais nas crianças

Segundo os pesquisadores, o diagnóstico prematuro é primordial, porque as crianças respondem bem ao tratamento enquanto ainda estão desenvolvendo o cérebro. Caso isso não aconteça, o risco do surgimento de vícios em drogas e suicídio na vida adulta aumenta drasticamente.

Para entender mais sobre a depressão infantil e como identificar seus sintomas, veja nossa matéria sobre o tema, escrita pelo psiquiatra Ivan Mario Braun.