PUBLICIDADE

Siga este plano para vencer a folia do carnaval

Saiba o que comer e beber para chegar inteiro ao fim da festa

Descubra o poder de um sorriso.
Participe da newsletter

Preencha os campos* abaixo.
X

*Ao concluir, você concorda com a nossa Política de Privacidade e aceita receber novidades do Minha Vida e seus parceiros.

Cadastro efetuado com sucesso!

Para agüentar firme os dias de Carnaval, o segredo está no planejamento. Sabendo o que comer e beber a cada dia, você garante dias de festa com muito mais disposição e livre dos incômodos da ressaca. "Recomendação geral é tomar muitos líquidos e fazer refeições leves, sem jamais deixar de comer", afirma a nutricionista Adriana Murara, professora do Instituto Brasileiro de Pós-Graduação e Extensão.

A pedido do MinhaVida, a especialista montou um plano especial para quem está ansioso pela chegada dos dias de festa. De sexta-feira até a quarta que encerra os dias de comemoração, você encontra dicas para se alimentar, ganhando mais energia.

Primeiro dia: sexta-feira

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Muita gente sai do trabalho e emenda a festa.

Como deve ser a alimentação deste dia?

Não apenas nesse dia, mas em todos os outros, a alimentação deve ser leve, equilibrada e nutritiva, ou seja, deve cumprir seu papel sem sobrecarga digestiva ou causar qualquer desconforto. Jamais deixe de comer. É aqui que o preparo começa. Algumas pessoas optam por cortar calorias, antevendo os excessos, mas é uma prática desaconselhável, prejudicial, e de efeitos mínimos como 'poupança".

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Deve haver um aporte extra de carboidratos?

Os carboidratos devem estar presentes já nos dias anteriores, para armazenar energia na forma de glicogênio. No entanto, evite gorduras e açúcares simples. Bomba de chocolate e sonho, portanto, não valem como opção. Pense em pães, massas, biscoitos integrais, frutas e vegetais, como cenoura e beterraba. E, acima de tudo, os carboidratos não podem ser "cortados" pelo mesmo motivo de poupar calorias. Caso o objetivo seja não sair (muito) da dieta, são as gorduras e o álcool que devem ser consumidos com moderação.

É indicado jantar?

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Sem dúvida. Além de fornecer a energia necessária para a folia, o jantar também atenua os efeitos danosos das bebidas alcoólicas em um organismo em jejum. Prefira pratos leves, sem frituras, gorduras e cremes. Salada completa, com folhas e vegetais crus e cozidos, incluindo uma fonte de proteína (frango, queijo, peru, ovo ou atum, por exemplo) e uma de carboidratos (croutons, manga, cenoura cozida, batata) também é uma opção excelente.

Muda algo na hidratação?

Mantém-se o hábito, desde que seja adequado, mas uma vez iniciada a folia, toda água e líquido reidratantes são muito bem-vindos.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Treino
Treino

Segundo dia: sábado

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

A recuperação após pular e beber no 1º dia

Deve haver algum cuidado especial com a hidratação?

Muito líquido será necessário a partir daqui. Se possível, água de coco, um dos melhores reidratantes. Beber ao longo do dia para que o organismo aproveite bem, e não perca tudo através da urina. Caso o consumo de bebidas alcoólicas tenha ocorrido, mais atenção ainda. Quanto mais líquido, melhor a recuperação para a próxima noite. Uma dica é observar a tonalidade da urina, que deve ser clara, quase transparente. Caso isso não ocorra, o corpo está precisando de (muita) água.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

A alimentação deve ser mais leve do que o habitual?

Tudo depende da intensidade da folia. Se for algo a que o indivíduo já esteja habituado (os baladeiros), mantém-se a alimentação normal, sem excessos. Contra a ressaca , muito líquido, sopas leves e sucos de fruta ao longo do dia. Se a folia foi intensa, aí sim, existe o cuidado da recuperação dos danos e do preparo para a segunda noite: comer várias vezes por dia alimentos de fácil digestão. Opte por frutas como banana, manga, melancia. Descansar após a refeição também é muito importante, para facilitar o trabalho do corpo (cansado) em seu árduo trabalho digestivo.

Os energéticos adiantam de alguma forma?

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

A percepção é muito individual. É preciso cuidado com as fórmulas ricas em estimulantes, que não são bem toleradas por todos e nem sempre podem ser acompanhadas de álcool. Um bom mate gelado batido com suco de frutas tem um bom papel energético e revitalizante.

E o que precisa ser evitado?

Evitar alimentos gordurosos, doces, alimentos de difícil digestão (carnes em excesso, feijoada) e bebidas alcoólicas durante o dia. Poupar o organismo para a noite é uma decisão sensata.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Terceiro dia: domingo

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Mais um dia de bebida e folia

Como deve ser a alimentação do domingo?

Não se modificam as dicas já dadas para o sábado, mas reforço extra em líquidos, frutas e pratos leves: peixe, frango, omelete de claras com legumes, massa com molho de tomate, sanduíche com atum e folhas, saladas completas. É proibido ficar sem comer, mas também não vale comer em excesso.

A hidratação deve continuar caprichada?

Cada vez mais, inclusive. Verificar a tonalidade da urina, que deve continuar clarinha.

Que tipo de proteína deve ser privilegiada?

As magras, pobres em gordura: aves sem pele, atum, clara de ovo, carne bovina magra e queijos. Excesso de proteína aumenta as necessidades de água no organismo (que já está com as necessidades de hidratação aumentadas). As proteínas também apresentam uma digestão mais lenta e elaborada, que não combina com a época em questão.

Bebidas
Bebidas

Quarto dia: segunda-feira

O que comer para segurar o pique?

Manter o proposto nos dias anteriores. Caso você queira, pode incrementar o cardápio com shakes nutritivos diluídos em leite desnatado. Um copo rende muita energia, alimenta de forma leve e as receitas são deliciosas.

Os refrigerantes de coca são uma alternativa para intercalar com o álcool?

Para intercalar com álcool, ainda não se inventou nada melhor que água, no entanto, o açúcar do refrigerante pode ajudar a manter a glicemia, o que é sempre útil. Bebidas isotônicas também são ótimas, porque têm açúcar, reidratam, não têm gás e são gostosas. Sucos de frutas também são ótimas opções.

Que refeição deve ser mais caprichada: o almoço?

Nenhuma precisa ser privilegiada. Vale até a idéia contrária: faça todas as refeições pequenas e leves. Mas coma de cinco a seis vezes por dia.

Que alimentos combatem o enjôo?

Frutas, as cítricas, principalmente. Vegetais mais ácidos ou azedos (pepino, por exemplo) e muita água também são indicados.

Quinto dia: terça-feira

É o último dia, muita gente trabalha na quarta.

Como aproveitar o último dia e conseguir voltar batente na quarta?

Coma massas e pães, principalmente, além de frutas e verduras em abundância. Beba muito líquido e, se possível, fique sem álcool nesta noite.

Entre destilados e fermentados, o que preferir?

Não é exclusivamente a forma de produção da bebida alcoólica que deve ser levada em consideração, mas o seu teor ou concentração alcoólica. Desse modo, por exemplo, uísque ou vodka misturados com refrigerante podem apresentar menor teor de álcool do que uma cerveja ou vinho. O cuidado passa por beber água ao longo da noite, e não permanecer em jejum.

Alguma dica para o fim da festa, chegando em casa?

Um chá de boldo sempre ajuda o fígado, órgão encarregado da sensação de ressaca. Pode-se deixá-lo gelando e bater com folhas de hortelã, ou suco de limão. Aliás, o limão é bem-vindo em todas as bebidas do período: rico em vitamina C, que é um antioxidante e ajuda a combater os males causados pela folia. Ainda: laranja, acerola, kiwi, manga e tomate. Coma também uma castanha do Pará por dia. Rica em selênio, outro ótimo antioxidante, protege o organismo dos excessos. Mas apenas uma já é suficiente, pela alta concentração do mineral.

Sexto dia: quarta-feira

É o dia da recuperação

A canja, realmente, faz bem?

Faz bem por ser leve e nutritiva. Qualquer refeição que atenda essas exigências será benéfica ao ex-folião.

O que ajuda a ter energia para trabalhar?

Carboidratos, outra vez. Massas, pães e torradas, batata cozida ou purê, carnes magras para acompanhar e saladas.

Tomar café é uma boa pedida?

Não. Apesar da ação estimulante, o organismo em recuperação está pedindo um descanso dos estímulos em geral. Beber bastante água gelada.

O que deve ser evitado neste dia?

Álcool, além de alimentos gordurosos e os que fermentam (repolho, ovo e feijão). Lembre-se dos estragos e não abuse.

E o que não pode ser esquecido?

Novamente: água, sucos, isotônicos, água de coco, tudo o que for possível para eliminar os resíduos da folia.

Como devem ser as refeições, em geral?

Volta-se ao hábito do dia-a-dia. Caso o estômago esteja reclamando, experimente tomar shakes com leite desnatado, sopas leves, salada de frutas.