Por que meu filho está chorando? Aplicativo tem a resposta

Tecnologia usa um banco de choros e promete adivinhar motivo do incômodo do bebê

Bebês são pequenininhos, mas quando começam a chorar, podem fazer um barulho digno de alguém bem maior. E nem sempre o motivo é claro. Se o bebê já foi amamentado, dormiu e está sequinho, o choro pode ser de qualquer outra dor. Para acabar com esses dilemas muito presentes na vida dos pais, a Universidade da Califónia em Los Angeles criou um aplicativo que promete desvendar esse motivo.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

O aplicativo Chatterbaby está disponível para Android e iOS, mas não tem versão em português. Depois de captar apenas cinco segundos do choro de seu filho, ele dá um gráfico que mostra quais motivos são mais prováveis para o incômodo.

Chatterbaby
Chatterbaby

Como funciona

A pesquisa para chegar ao aplicativo começou com um objetivo diferente: ajudar pais surdos a desvendarem o choro de seus filhos. Agora, qualquer pessoa pode se beneficiar da tecnologia.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Para desenvolvê-lo, o grupo de pesquisa liderado por Ariana Anderson usou um banco de dados composto por mais de 2.000 áudios de choros que já estavam com a causa estabelecida. Os choros de dor foram captados, por exemplo, quando os bebês tomavam vacinas. Assim, eles puderam processar esses sons e descobrir um padrão de sons para cada causa. O aplicativo foi "treinado" a partir dessa base e pode adivinhar novos choros.

As informações são do site Digital Trends.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Passo-a-passo para acalmar um choro:

Alguns choros podem passar simplesmente resolvendo o problema que está provocando. Já outras situações podem precisar de mais recursos para serem acalmadas. O pediatra Remaclo Fischer Junior ensina você como agir quando o bebê começar a chorar. Lembre-se: se não passar, não hesite em recorrer ao pediatra.