Tosse: tratamentos e causas

REVISADO POR
Dra. Samanta Dall´Agnese
Otorrinolaringologia - CRM 137576/SP
especialista minha vida

Visão Geral

O que é Tosse?

Tosse é um reflexo natural do aparelho respiratório que surge como consequência de um processo irritativo. Em muitos aspectos, esse reflexo é benéfico, pois ajuda a expulsar secreção ou corpos estranhos, impedindo que desçam até o nível dos pulmões. Em outros, no entanto, tosse pode ser sinal de algum problema de saúde mais grave – ainda mais quando a tosse for excessiva e vier acompanhada de secreção.

Tipos

Existem dois tipos de tosse: a tosse seca e a tosse produtiva. A tosse produtiva vem acompanhada de secreção, que pode ser muco (secreção clara, produzida pelo organismo) ou purulenta (indicando um processo infeccioso).

Há ainda outra classificação possível para tosse: a tosse aguda, a tosse subaguda e a tosse crônica. Veja:

  • A tosse aguda geralmente começa de maneira repentina e, muitas vezes, se deve a um resfriado, gripe ou sinusite. Ela desaparece em até três semanas.
  • A tosse subaguda dura de três a oito semanas.
  • A tosse crônica dura mais de oito semanas.

Causas

Infecções recentes das vias aéreas superiores, como o resfriado comum ou a gripe, podem provocar tosse. Outras causas comuns são:

Diagnóstico e Exames

Buscando ajuda médica

Procure ajuda médica emergencial se você sentir falta de ar ou dificuldade para respirar, urticária ou o rosto e garganta inchados e dificuldade para engolir

Marque uma consulta médica se:

  • Você tiver um histórico de doença cardíaca, pernas inchadas ou uma tosse que piora quando você se deita (podem ser sinais de insuficiência cardíaca congestiva)
  • Você esteve com alguém com tuberculose
  • Um bebê com menos de três meses tiver tosse
  • Você tiver tosse por mais de 10 a 14 dias
  • Você tiver tosse com sangue
  • Febre (pode ser um sinal de infecção bacteriana que requer antibióticos)
  • Inspiração com som agudo (estridente)
  • Catarro espesso, verde-amarelado e com cheiro forte (pode indicar uma infecção bacteriana)
  • Perda não intencional de peso ou suores noturnos (pode ser tuberculose)
  • Tosse violenta que começa de repente.

Na consulta médica

Entre as especialidades que podem diagnosticar as causas de uma tosse estão:

  • Clínica médica
  • Pneumologia
  • Cardiologia
  • Infectologia
  • Imunologia
  • Otorrinolaringologia

Estar preparado para a consulta pode facilitar o diagnóstico e otimizar o tempo. Dessa forma, você já pode chegar à consulta com algumas informações:

  • Uma lista com todos os sintomas e há quanto tempo eles apareceram
  • Histórico médico, incluindo outras condições que o paciente tenha e medicamentos ou suplementos que ele tome com regularidade

O médico provavelmente fará uma série de perguntas, tais como:

  • Você tosse sangue? Quanto? Com que frequência?
  • A tosse é seca ou vem acompanhada de muco ou catarro? É espesso e difícil de expelir?
  • A tosse é severa? Atrapalha para se alimentar e para dormir?
  • Qual é o padrão da tosse? Ela começou de repente? Ela vem aumentando recentemente?
  • A tosse piora durante a noite? Quando você acorda?
  • Quanto tempo durou a tosse?
  • Você tem ataques repentinos de tosse em que se engasga e há vômitos?
  • Que outros sintomas você tem?

Convivendo (prognóstico)

Cuidados

Alguns medicamentos e xaropes para aliviar a tosse podem ser encontrados em farmácias e não necessitam de prescrição médica. Consulte o farmacêutico para saber qual a melhor opção para o seu caso.

Tosse persistente ou associada à secreção, falta de ar, febre e cansaço são sinais de alerta para procurar auxílio médico.

Além disso, procure manter-se hidratado. Beber muita água é essencial para aliviar os sintomas e afastar de vez a tosse.

Tratamento e Cuidados

Medicamentos para Tosse

Uma tosse pode ter diversas causas, de modo que o tratamento varia de acordo com o diagnóstico estabelecido pelo médico. Por isso, somente um especialista capacitado pode dizer qual o medicamento mais indicado para o seu caso, bem como a dosagem correta e a duração do tratamento. Os medicamentos mais comuns no tratamento de tosse são:

Siga sempre à risca as orientações do seu médico e NUNCA se automedique. Não interrompa o uso do medicamento sem consultar um médico antes e, se tomá-lo mais de uma vez ou em quantidades muito maiores do que a prescrita, siga as instruções na bula.

Fontes e referências

  • Revisado por: Dra. Samanta Dall Agnese, otorrinolaringologista - CRM: 137576
  • American Academy of Otolaryngology
  • Sociedade Brasileira de Otorrinolaringologia
  • Ministério da Saúde
  • Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia