PUBLICIDADE

Evite os alimentos embutidos e industrializados

Conservantes e outros aditivos químicos sobrecarregam o fígado

Atire o primeiro nugget aquele que não adora chegar em casa do trabalho e se render a facilidade de colocar uma lasanha congelada no micro-ondas e, em menos de 15 minutos, ter uma refeição prontinha para devorar.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

O "pecado" estaria perdoado se não fosse por um detalhe: esse tipo de produto pode fazer muito mal ao organismo. "A química contida nesses alimentos é completamente desconhecida ao nosso sistema digestivo", afirma a nutricionista Andréia Naves.

Uma das substâncias que aparece muito nesse tipo de alimento é o nitrato, que confere cor avermelhada ao produto final e é comprovadamente um agente cancerígeno poderoso.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Pense duas vezes antes de lotar o carrinho do mercado - Foto: Getty Images
Pense duas vezes antes de lotar o carrinho do mercado - Foto: Getty Images

Corantes, conservantes e outros aditivos químicos acabam sobrecarregando o fígado, que precisa sintetizar tantos elementos novos. Não à toa o consumo excessivo desse tipo de substância está diretamente ligado a piora de quadros de enxaqueca, TPM e até gastrite, se considerarmos que muitos deles irritam a mucosa do estômago.

"Isso sem falar que os níveis de sódio e gordura contidos em comidas industrializadas ultrapassam, e muito, o recomendável, tornando-se um agente poderoso no aumento de casos de hipertensão e obesidade", lembra a nutricionista Daniela Jobst.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Opte pelo rodízio de alimentos

Outro hábito que deveríamos modificar, segundo as especialistas, é a ingestão de grandes quantidades de proteína, especialmente a de origem animal. Nossos ancestrais caçavam de tempos em tempos, nunca todos os dias. Isso dava um certo descanso ao sistema digestivo, que ainda gasta muito mais energia para metabolizar proteína do que outros tipos de nutriente.

A saída seria adotar um tipo de rodízio, conforme explica a nutricionista Andrea Naves. "Restrinja a carne vermelha a um ou dois dias da semana. Nos outros, prefira peixes, especialmente aqueles ricos em ômega 3, como salmão e sardinha, que ajudam a prevenir doenças cardíacas".

Também pense duas vezes antes de lotar o carrinho do supermercado com enlatados. O alumínio liberado pelas latas é tóxico para nosso organismo. Prefira sempre os produtos in natura.

Pense duas vezes antes de lotar o carrinho do mercado - Foto: Getty Images
Pense duas vezes antes de lotar o carrinho do mercado - Foto: Getty Images

Evite os alimentos embutidos e industrializados

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)