publicidade

O que é Dor no peito?

Sinônimos: Aperto no peito; pressão no peito; desconforto no tórax

A dor no peito é o desconforto ou dor que você sente em qualquer parte da frente do corpo entre o pescoço e o abdome superior.

Dor no peito pode ter origem no coração, no pulmão e no estômago

Causas

Problemas cardíacos que podem causar dor no peito:

  • Angina ou um ataque cardíaco é quando coração não está recebendo sangue e oxigênio suficientes. O sintoma mais comum é a dor no peito que pode ser sentida como aperto, pressão forte ou dor esmagadora. A dor no peito pode se espalhar para o braço, ombro, mandíbulas ou para as costas.
  • Uma ruptura na parede da aorta, o grande vaso sanguíneo que leva sangue do coração para o resto do corpo (dissecção aórtica), causa dor forte e repentina no peito e na parte superior das costas.
  • Um inchaço (inflamação) na camada que envolve o coração (pericardite) provoca dor na parte central do tórax.
Adam Angina pode ser causa de dor no peito

Dor no peito também pode ser causada por problemas pulmonares:

  • Um coágulo sanguíneo no pulmão (embolia pulmonar)
  • Colapso do pulmão (pneumotórax)
  • A inflamação do tecido ao redor do pulmão (pleurisia) pode provocar dor no peito que em geral é aguda e muitas vezes piora quando você respira fundo ou tosse.
  • Pneumonia provoca uma dor no peito que, em geral, é aguda e muitas vezes piora quando você respira fundo ou tosse.

Outras causas de dor no peito:

  • Ataque de pânico, em que a dor no peito frequentemente vem acompanhada de respiração acelerada
  • Inflamação onde as costelas se unem ao esterno (condrite costal)
  • Herpes-zóster, que causa dor aguda e formigamento que vai do peito até as costas e pode causar uma erupção
  • Tensão ou inflamação dos músculos e tendões entre as costelas

A dor no peito também pode ser causada pelos seguintes problemas do sistema digestório:

  • Espasmos ou estreitamento do esôfago (o tubo que leva a comida da boca ao estômago)
  • Cálculos biliares provocam dor que piora depois das refeições (mais frequentemente depois de comidas gordurosas)
  • Azia ou refluxo gastroesofágico
  • Úlcera estomacal ou gastrite (a queimação ocorre quando o estômago está vazio e melhora quando você come)

Em crianças, a maioria das dores no peito não são causadas pelo coração.

Mais sobre Dor no peito

Ligue para a emergência se:

  • Sentir pressão, aperto ou dor no peito repentina e intensa.
  • A dor no peito se irradiar para a mandíbula, braço esquerdo ou entre as escápulas.
  • Você tiver náusea, tontura, suor, taquicardia ou dificuldade respiratória.
  • Você souber que tem angina e a dor no peito se intensificar de repente, ou se a dor for causada por atividades mais leves ou durar mais do que o usual.
  • Seus sintomas de angina ocorrerem quando você estiver em repouso.
  • Você tiver uma dor repentina e aguda no peito, com dificuldade para respirar, principalmente depois de uma viagem longa, de um período de cama (por exemplo, após uma cirurgia) ou de outra falta de movimentação, principalmente se uma perna estiver inchada ou mais inchada do que a outra (isso poderia ser um coágulo sanguíneo).

Seu risco de ter um ataque cardíaco é maior se:

  • Você tiver histórico familiar de doença do coração
  • Você fumar, usar cocaína ou estiver acima do peso
  • Você tiver colesterol alto, hipertensão ou diabetes

Ligue para o médico se:

  • Você tiver febre ou tosse com catarro verdeamarelado acompanhando a dor no peito
  • Você tiver uma dor no peito forte e que não passa
  • Você tiver dificuldades para engolir
  • A dor no peito durar mais do que três a cinco dias

Considerações

Muitas pessoas com dor no peito temem um ataque cardíaco. Entretanto, existem muitas causas possíveis para dor no peito. Algumas causas não são perigosas para a saúde, enquanto outras são graves e até envolvem risco de vida.

Qualquer órgão ou tecido na região pode ser a causa da dor no peito, incluindo coração, pulmões, esôfago, músculos, costelas, tendões ou nervos. A dor no peito também pode ser consequência de uma dor que começou no pescoço, abdome e costas.

Na consulta médica

Serão tomadas medidas de emergência caso seja necessário. Você pode precisar ir ao hospital se a dor no peito for um problema cardíaco grave ou se a causa da dor for incerta.

O médico fará um exame físico e monitorará seus sinais vitais (febre, pulso, frequência respiratória, pressão arterial). O exame físico se concentrará na parede do tórax, nos pulmões e no coração. Seu médico poderá fazer perguntas como:

  • A dor é entre as escápulas? Sob o esterno? A dor muda de lugar? É somente de um lado?
  • Como você descreveria a dor no peito? (Grave, lacerante, aguda, penetrante, queimação, aperto, pressão, esmagadora, incômoda, surda, forte)
  • Ela aparece de repente? A dor no peito ocorre sempre no mesmo horário todos os dias?
  • A dor está piorando? Quanto dura a dor?
  • Ela se irradia do peito para os ombros, braços, pescoço, mandíbula ou costas?
  • A dor no peito piora quando você respira profundamente, tosse, come ou se inclina?
  • A dor piora quando você faz exercícios? Melhora depois que você descansa? Ela desaparece completamente ou somente dói menos?
  • A dor no peito melhora depois de tomar nitroglicerina? Depois de tomar leite ou antiácidos? Depois de eructar?
  • Que outros sintomas você tem?

Dependendo da causa da dor no peito, diferentes exames devem ser feitos. Muitas vezes, um ou mais dos seguintes exames podem ser realizados primeiro:

PUBLICIDADE

Cuidados

Para muitas causas de dor no peito, é melhor consultar o médico ou enfermeiro antes de se tratar sozinho em casa.

Quando alguma lesão, uso excessivo ou tosse provoca tensão muscular, a parede do tórax muitas vezes fica dolorida ou sensível quando você pressiona o dedo no local da dor. Muitas vezes, isso pode ser tratado em casa. Experimente usar paracetamol ou ibuprofeno, gelo, calor e repouso.

Se você tiver asma ou angina, siga as instruções de seu médico e tome os medicamentos regularmente para evitar intensificações súbitas que levam a dor no peito.

Consulte: Azia para obter informações sobre o tratamento em casa.

PUBLICIDADE

Fontes e referências:

  • Brown JE, Hamilton GC. Chest Pain. In: Marx J, ed. Rosen's Emergency Medicine: Concepts and Clinical Practice. 7th ed. Philadelphia, Pa: Mosby Elsevier;2009:chap 18.

  • Anderson JL, Adams CD, Antman EM, et al. ACC/AHA Guidelines for the Management of Patients With Unstable Angina and Non-ST-Segment Elevation Myocardial Infarction: A Report of the American College of Cardiology/American Heart Association Task Force on Practice Guidelines (Committee on the Management of Patients with Unstable Angina). Circulation. 2007;116:803-877.

  • Sabatine MS, Cannon CP. Approach to the patient with chest pain. In: Bonow RO, Mann DL, Zipes DP, Libby P, eds. Braunwald's Heart Disease: A Textbook of Cardiovascular Medicine. 9th ed. Philadelphia, Pa: Saunders Elsevier; 2011:chap 53.

ADAM logo

A.D.A.M., Inc. A reprodução ou distribuição das informações aqui contidas é estritamente proibida.
As informações aqui fornecidas não poderão ser usadas durante nenhuma emergência médica, nem para o diagnóstico ou tratamento de doenças. Um médico licenciado deverá ser consultado para o diagnóstico ou tratamento de todas as doenças. Ligue para 192 em caso de emergências médicas. Os links para outros sites são fornecidos apenas a título de informação e não constituem um endosso a eles.

  • Encontre um médicoindicado por outras pessoas

    em

  • Indique um médicoe ajude outras pessoas

    Estado
    Qual o nome do seu médico?

Este conteúdo ajudou você? Já ajudou você e + 1254 pessoa(s) Já avaliou

Imprima

Erro

erro

Comente

Compartilhe

Encontre médicos de confiança indicados por outras pessoas

buscar médicos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Mais sobre Dor no peito

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Descubra o seu Peso ideal Saiba se seu peso atual e sua meta de
peso
são saudáveis.
ex: 75,5kg / 1,70m
 

Shopping Vida Saudável

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

siga o minha vida e melhore sua qualidade de vida

Saiba mais

Copyright 2006/2014 Minha Vida - Todos os direitos reservados

"As informações e sugestões contidas neste site têm caráter meramente informativo. Elas não substituem o aconselhamento e o acompanhamento de médicos, nutricionistas, psicólogos, profissionais de educação física e outros especialistas."


Você está usando uma versão antiga do seu navegador :( Para obter uma melhor experiência, atualize agora!
X